• ARQ+H

O QUE FAZER DURANTE AS CRISES – PRÁTICAS PARA HOTELARIA E HOSPEDAGEM

Como conseguir pensar, estruturar, trabalhar e obter algum resultado quando estamos em meio a uma crise? Como saber em qual momento econômico e político estamos, e para que ideal podemos chegar? Qual caminho seguir?

Neste momento, estamos em abril de 2020, e por este motivo, estamos em tempos de incertezas, nada é mais certo do que foi ontem. A cada dia que acordamos, uma nova medida é tomada, novas formas de precaução são oferecidas. Somos bombardeados mentalmente e emocionalmente, e como nos controlar e selecionar o que fazer neste momento? Não nos apavorar e selecionar de onde absorvemos informação relevante, nos fará observar QUAL SERÁ O NOSSO PRÓXIMO PASSO.

Não podemos desperdiçar uma crise!

É uma oportunidade de rever diversas coisas, desde de como nos COMPORTAMOS, até como nos REALIZAMOS.

Todas as crises apontam para dentro, para buscarmos algo criativo e atemporal.

Como isso é possível de ser feito nas áreas da hotelaria e hospedagem:

- As pessoas serão mais produtivas trabalhando remotamente, aumentando sua produtividade. Alguns negócios permitem isso, outros não.

- Rever nossas organizações internas. Questionar a eficiência e o eficaz. A eficiência seria o ato de “fazer certo”, enquanto que a eficácia consiste em “fazer as coisas certas”.

- Ser criativo, encontrar um caminho novo, o que ainda não foi realizado? Talvez agora possa ser o momento de ousar e arriscar.

- Auto responsabilidade: em tempo de não certezas, viver um dia de cada vez, testar e avaliar resultados constantemente. Peça ajuda, busque por soluções, questione assuntos com pessoas de outras áreas ou que faça nossa mente ventilar. Com certeza novos insights e inspirações poderão surgir.

- Comunicação inteligente, postura otimista: informe seus funcionários e clientes com transparência de forma positiva e confiante. Neste momento quanto menos pessoas pessimistas e que só olham para o prejuízo, não adiantará e será um fator para coisas não se desenvolvam e evoluam.

- Quem ganha no final é quem tem resistência (persistência para ver um futuro favorável), disciplina (frequência nas ações) e consistência (que seja relevante).

O mundo inteiro neste momento está praticamente parado.

O que eliminar, cortar e deixar de lado?

Organizar o espaço por fora, reflete positivamente na organização do meu corpo interno (mente). O externo é uma extensão do meu estado interno.

Nosso corpo hoje está preso, mas a nossa mente estará sempre liberta.

Então vamos voar!

0 visualização

CONTATO (11) 99948-2208